Rafael Medeiros 

 

É um artista e performer natural do Rio de Janeiro, atualmente estabelecido em Paris. Desenvolveu obras independentes, com formatos e temáticas diferentes umas das outras, mas que partiam todas de alguma forma de intervenção pontual no espaço. Na casa colonial, marcada pela presença de grandes janelas, fixou papeis de fax que foram sendo lentamente “impressos” após alguns dias de exposição à luz solar. Já nos estábulos ele inaugurou uma satírica “sala wi-fi” (não há internet na fazenda), composta por uma seleção de imagens extraídas de redes sociais cujo sentido foi transformado através de técnicas de colagem e justaposição de texto. Finalmente, em uma ampla paisagem verde exterior, ele realizou um filme (com Dácio Pinheiro) questionando o imaginário tradicional da paisagem rural. Neste, percebemos lentamente que algumas partes da paisagem inerte estão, na realidade, se movendo, quando pessoas escondidas começam a aparecer. Além desses projetos, Rafael ainda colaborou ativamente na realização de obras performáticas, em parceria com Lucas Sargentelli, Antonio Sobral, Tay Nascimento, Heloisa Duran e Paloma Mecozzi, e teve ainda um papel central na vida comunitária, ministrando seus workshops regulares de Yoga.               

 

Is a an artist and performer from Rio de Janeiro, currently based in Paris. He developed works in a variety of formats and themes, always site-specific. In the colonial house, he fixated fax papers in its chacarteristic large windows that were slowly  "printed" after a few days of exposure to sunlight. In the stables, he inaugurated a satirical "wi-fi room" (there is no internet on the farm), consisting of a selection of images drawn from social networks whose meaning was transformed through collage techniques and text juxtaposition. Finally, in a large outdoor greenery, he shot a film (with Dácio Pinheiro) questioning the traditional imagery of the countryside. In this piece, one slowly realizes that some parts of the otherwise inert landscape are actually moving, when hidden people begin to appear. In addition to these specific projects, Rafael actively collaborated in carrying out performance works in partnership with Lucas Sargentelli, Antonio Sobral, Tay Nascimento, Heloisa Duran and Paloma Mecozzi, and also had a central role in community life, teaching his regular workshops of Yoga.

 

What we agreeno to see, by Rafael Medeiros

Abelha/Bee, by Rafael Medeiros