cORRENTEZA

de Matheus Vinhal 

Matheus Vinhal lança Correnteza, disco que vai te levar em longa viagem líquida! Gravado ao vivo em nossa primeira residência Somsocosmos, trata-se de uma canção expandida, feita à partir da composição de Geraldo Azevedo, e conta com o acompanhamento instrumental de Vitor Wutzki, Oerpkp Reelpd (Pedro Keppler), Daniel Penteado e Evandro Machado. "Correnteza" de Matheus Vinhal é o primeiro lançamento do selo interiorano "pirasema".

Desfrute AQUI!

Correnteza.jpg

vi~nau: samples 
Vitor Wutski: guitarra elétrica 
Pedro Keppler: violão 
Daniel Penteado: djembé 
Evandro Machado: moringa 

Capa
Foto de Silvino Mendonça 
Pintura de Antonio Sobral 

Gravação

Ricardo Mansur & Laura Zimmmermann 

Mixagem

vi~nau 


Masterização

Mark Bihler @ Calyx Studios, Berlin 

Abril 2019

hAIARA

de Omram 

Omram lança seu segundo  álbum Haiara,  em que sonoridades se expandem, a partir do ukulele, numa uma exploração sonora estabelecida no caos.

Apresenta um espaço explicativo, batidas sujas, vocais excessivos e instrumentos mínimos - um momento no tempo pelos elementos de Haiara, onde o movimento não é constante e é um ato de revolta.

Desfrute AQUI!

Hosam.jpg

Written, arranged and performed by Omran 


Recorded, mixed and produced by Omran, Ibrahim Najada and Matheus Vinhal 


Cover drawing by

Bayan Kiwan,

designed by Sarah Raji

animated by Assem Attoun

April 2019

eLDER MANTIS

de Black Taffy

Ouçam o disco novo do Black Taffy, abrindo caminho para uma nova era do hip hop, IDM e música ambiente, mergulhando em um sonho acordado.

 

Ouça AQUI!

Elder Mantis - Black Taffy.jpg

Arte

Jesselisa Moretti 


Foto de imprensa

Olivia Themudo 


Mixagem

Black Taffy & Alex Bhore at Elmwood Studio 


Masterização 

Dave Cooley

February 2019

fAVOURITE

Esta é uma linda canção composta pela Arielle Soucy na 2#Somsocosmos.

Music, Lyrics, Guitar and voice: Arielle Soucy
Electric guitar(end solo) and voice :
Vinícius Fernandes
Bass : Donovan Jones
Mix : Matheus Vinhal
Recording : Benoit Bellet and Veronica Cerrota
Photo Credit:
Mari Bley

eSCÓRIA DO BASALTO

O primeiro filho da Somsocosmos nasceu!

A Escória do Basalto é uma banda livre estelar de improvisos coletivos formada na primeira edição desta residência sonora, que aconteceu em 2017.

 

Que o cosmos nos ouça, AQUI!

capa-Escória_do_Basalto_#1-MN.jpg

Escória do Basalto é: 

Adriana Amaral,  Amanda Costa, 

Anelena Toku, Antonio Sobral, 

Ale Fenerich, Benoit Bellet,

Carla Boregas, Daniel Penteado, 

Evandro Machado, Fernanda Mafra, 

Laura Zimmermann, 

Matheus Vinhal, Pedro Diaz,

Pedro Keppler, Ricardo Mansur, 

Vânia Medeiros, Verónica Daniela, 

Vitor Wutzki

Gravação de som

Benoit Bellet, Laura Zimmermann, Ricardo Mansur


Mixagem

Matheus Vinhal, Ricardo Mansur
 

Arte

Amanda Costa

Outubro 2018

fLAMA

de Fronte Violeta

Abra a sua mente com Flama!

O novo disco do duo Fronte Violeta foi parcialmente gravado na primeira residencia somsocosmos, e acaba de ser lançado pelo selo Death of decay (Osaka, Japão).

 

AQUI!

flama.jpg

FRONTE VIOLETA 

Anelena Toku and Carla Boregas 

 

Gravação e mixagem

Rafael Bordalo

 
'cri' & 'esse som' 

Gravação

Ricardo Mansur, Laura Zimmermann and Benoit 


'cri'

Gravação de campo

Alexandre Fenerich, 
Laura Zimmermann and Matheus Vinhal 
Masterização

Bruno Palazzo 
Photos

Ivi Maiga Bugrimenko 

Realização

Depth of Decay (Osaka, Japan)

***

1/4

Los dibujos de Maria Luque

A artista Maria Luque inaugura sua mostra Lejos de internet, na Galeria Mar Dulce, onde expõe seus desenhos feitos na residência Verãozão. De 17 março a 28 de abril 2018.

https://www.pressreader.com/argentina/revista-%C3%B1/20180331/282273845921340

O artista Henrique Iwao participa da coletânea Noise de Verão com a faixa Cachu Exu, gravada na residência Verãozão.

1/5

A mar, a espera líquida (um ensaio úmido)

de Antonia Moura

A artista Antonia Moura inaugura sua mostra Amar, na Casa de Cultura de Parati, onde cianotipias, calcinhas e fotografias rastreiam sua relação marítmica

De 27 abril a 27 de maio 2018.

https://calcinhadomar.tumblr.com/

Novo Programa de residência artística EAV Parque Lage - Residência São João.

Inscrições do 20/06 ao 14/07/2016

A Residência São João, em sua 4# edição anual, abre convocatória pública em parceria com a Escola de Artes Visuais do Parque Lage para 18 (dezoito) vagas em seu novo programa conjunto Residência Artística EAV Parque Lage – Residência São João, destinado a artistas e pesquisadores interessados em desenvolver projetos interdisciplinares, com enfoques em história, expedições científico-artísticas e ecologia.

Breve apresentação:

O objetivo é proporcionar jornadas de leituras e discussões, passeios e trocas de experiências, no contexto de uma fazenda que data de 1853, pertencente ao segundo ciclo de expansão do café no Brasil Colonial, localizada no município de São José do Vale do Rio Preto (RJ). Cerca de um terço dos alimentos da Residência São João é produzida na própria fazenda em sistema agroecológico.

A fazenda conta com uma biblioteca de referência em história local/colonial, botânica e cultivo do café, além de um acervo de publicações independentes e livros sobre arte moderna e contemporânea. O local, que não dispõe de Wi-Fi, requer interesse no ambiente bucólico de uma área rural e capacidade de isolamento.

 

Os participantes poderão utilizar espaços para o desenvolvimento de sua pesquisa pessoal, porém precisam estar disponíveis para trabalhar em colaboração. As atividades, acompanhamentos de estudos, pesquisa e projetos, estarão sob a supervisão de professores do quadro de ensino do Parque Lage. São eles: Bruno Balthazar, Damiana Bregalda Jaenisch, Daniel Jablonski, Guilherme Gutman, Franz Manata, Pedro França e Saulo Laudares.

 

Da orientação pedagógica:


Os encontros entre artistas, pesquisadores e professores darão ênfase a questões inerentes ao ambiente local:
• tempo, memória, isolamento
• espaço, travessia, intervenção na paisagem
• ascetismo, mínimo comum, alimentação
• alteridade, mitologias, oralidade

As 18 (dezoito) vagas serão distribuídas em dois grupos de residentes:
• 11 a 20 de agosto
• 21 a 30 de agosto

Investimento:


Investimento para 10 (dez) dias por pessoa: 1.200 reais (Hum mil e duzentos).
Inclui transporte local, hospedagem durante 10 (dez) dias, alimentação e serviços de lavanderia.
Possibilidade de parcelamento em 3 (três) vezes.

Da Participação:


Para participar do processo seletivo, o candidato (maior de 18 anos) deverá enviar o material listado abaixo para o e-mail parquelagesaojoao@gmail.com

1) Currículo atualizado;
2) Esboço de um plano de trabalho e uma carta de intenção, respondendo à seguinte pergunta: O que você aportaria no grupo de residentes?
3) Link para um portfolio digital ou plataforma vimeo (para artista);
4) Três textos publicados ou inéditos (para pesquisador).

Processo seletivo:


Para este fim, será constituída uma Comissão de seleção (três membros) que analisará o material enviado e escolherá os candidatos. O Comitê de seleção é soberano.

Anúncio da seleção:

• Os candidatos escolhidos serão comunicados por e-mail e por telefone. A lista dos nomes será publicada no site da EAV Parque Lage e divulgada pelas redes sociais.

• A reserva da vaga só será confirmada após o recebimento do comprovante de pagamento, a ser enviado por e-mail para Antonio Sobral, com o título “COMPROVANTE – RESIDENCIA”, no e-mail: comantoniosobral@gmail.com

Conta para o depósito
Banco Itaú
ag. 3005 / cc 06243-9
Antonio Sobral
CPF 114.484.117-85

• O selecionado deverá confirmar interesse mediante pagamento de 50% de sua inscrição em até 48 horas, ou poderá perder sua vaga.

 

Cronograma:


20/06/2016 – Lançamento da convocatória e início das inscrições
14/07/2016 – Encerramento das inscrições
19 e 20/07/2016 – Processo de seleção
21/07/2016 – Anúncio dos selecionados no site da EAV Parque Lage
11/08 a 20/08/2016 – Período de residência da primeira turma (nove candidatos)
21/08 a 30/08/2016 – Período de residência da segunda turma (nove candidatos)

 

Sobre os professores da EAV Parque Lage:

Bruno Balthazar é professor de arte e mídia educação, integrante do projeto de arte Rebola, onde atua como pesquisador, DJ e produtor. Sua vida no universo da cultura afro-brasileira começou aos quatro anos de idade quando foi batizado na umbanda. Aos dezesseis anos foi iniciado em um tradicional Candomblé  do Rio de Janeiro e aos trinta e dois no culto a Ifá.

Damiana Bregalda Jaenisch é doutoranda em Artes na UERJ com período sanduíche no Collège de France/Paris e mestre em Antropologia Social pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Realiza pesquisas sobre artes indígenas, com ênfase em rituais e nas relações destes povos com espaços de arte contemporânea.

Daniel Jablonski é artista visual, professor e pesquisador independente. Em Paris e posteriormente em Nova York, obteve, respectivamente, o título de mestre em Filosofia contemporânea (Sorbonne - Panthéon) e em História da arte / Estudos de crítica e curadoria (Institut National d’Histoire de l’Art / Columbia University). Sua produção, conjugando teoria e prática, concentra-se em questões relativas à autobiografia e a formação de novas mitologias e discursos do cotidiano.

Guilherme Gutman é médico psiquiatra e psicanalista. Professor adjunto do Departamento de Psicologia da PUC-Rio e professor da EAV – Parque Lage, ambas no Rio de Janeiro. Crítico e curador em artes visuais. Autor do livro William James & Henry James: filosofia, literatura e vida.

Franz Manata e Saulo Laudares são artistas que investigam diferentes mídias e partem da observação sobre o universo do comportamento e da cultura da música eletrônica e sua articulação em rede na era da economia da informação.

Pedro França é artista e membro da Cia. Teatral Ueinzz. Leciona História e Teoria da Arte no Museu de Arte Moderna de São Paulo e no Instituto Tomie Ohtake (SP). Foi estudante da EAV Parque Lage e professor do Instituto de Artes da UERJ. Trabalhou na equipe de curadoria da 29a. Bienal de São Paulo (2010).

Sobre a Escola de Artes Visuais do Parque Lage: http://eavparquelage.rj.gov.br/a-escola/

Site da edição anterior:
http://residenciasaojoao.tumblr.com/

 

 

Open Call Residência São João - Edição 2013

 

As inscrições para a segunda edição do Programa de Residências Artísticas São João estão abertas até 28 de maio de 2013.


Durante o mês de junho nossa equipe revisará o material das inscrições, divulgando os participantes selecionados dia 27/06.


O período de residência será de 27 de outubro à 24 de novembro, e até a data de realização, nos colocamos à disposição para providenciar quaisquer materiais necessários para comprovação de participação dos selecionados.


Na primeira edição, experimentamos uma gama de práticas voltadas à consolidação do estilo de trabalho que gostaríamos de conferir ao programa, mantendo em foco a dinâmica interna da residência e a criação de condições de trabalho e convivência que se alinhassem com nossas proposições iniciais. O grupo formado em 2012, apesar de bastante heterogêneo no que diz respeito às diferentes práticas artísticas, se compôs exclusivamente de artistas.


Na segunda edição, o objetivo é estreitar o vínculo com o ambiente que nos circunda, seja espacialmente, seja em relação à comunidade de nosso entorno. Para tanto, buscaremos incluir participantes de outras áreas, dando prioridade àqueles que desenvolvam práticas vinculadas ao trato da terra e plantio, e às técnicas alternativas de construção.


Estamos em processo de financiamento do projeto através de edital de incentivo cultural, mas até o presente momento não temos uma posição definitiva em relação a viabilização desta verba. Estamos trabalhando então com a perspectiva de que seja cobrada uma taxa de participação de R$ 850,00 (aproximadamente US$ 425,00, ou 390 euros), que será prontamente anulada caso consigamos financiamento para o projeto.


Esta informação será divulgada junto ao resultado da seleção final dos participantes (fim de junho) - não deixe de se inscrever!



***



1. OPEN CALL (no theme or field restriction - anyone can apply)
 

The Sao Joao residency is calling for projects!  Please submit your  inscription anytime before the 28th of May 2013.  We’ll be (closely) reviewing your applications during June; the list of residents will be announced the 27th of June.
The residency will happen between the 28th October and 24th November. We can provide an official invitation letter, and/or other materials eventually needed for funding or other purposes.
We are currently applying for public funding for the residency’s next edition, but we won't have an answer before the end of the application period. In case we don’t succed, we’ll ask for a participation fee of 850R$ (aprox. 425US$ or 330€). The fee covers the stay, all meals, laundry, cleaning and local transportation . Don't hesitate to apply for financial reasons –we might get funding, and if not we can help you to get it by yourself.

 

2. FOR EVERYONE  (we hope to attract gardeners too!)


In this second residency edition, we are looking forward strengthtening our relationship to the surrounding environment, specially with the local community. Though observing our will to contemplate multiple modes of expression and having a heterogeneous group, our past edition was exclusively composed by people working on art-related fields (writing, drawing, music, cinema, etc). In this next edition we hope to include participants from different fields. We are specially interested in permaculture, ambiental education and alternative/sustainable living and construction forms.
The farm has 24 inhabitants, and many more families live in the surroundings. The local population lack education opportunities, and even though this is changing, the education available is still purely devellopmentist. People don’t understand the importance of throwing waste in the trash, eating and growing vegetables or using the natural medicinal methods that their grandparents used.
For our 2013 edition, we are considering to offer a grant for residents whose projects or side-projects directly benefit the farm/region population (for instance, creating a biological vegetable garden in the farm, or a project concerning ambiental education).